Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cabo Verde Island Tours

espere para ver! wait to see!

Cabo Verde Island Tours

espere para ver! wait to see!

Condições Climatéricas para a semana (29 de Agosto a 05 de Setembro) no Arquipélago de Cabo Verde

Weather Conditions for the week (August 29 to September 5) in the Cape Verde archipelago.

 

Brava é uma ilha e concelho do Sotavento de Cabo Verde. A sua maior povoação é a vila de Nova Sintra. O único concelho da ilha tem cerca de sete mil habitantes. Com 67 km², Brava é a menor das ilhas habitadas de Cabo Verde, e tem uma densidade populacional de 101,49/km². A ilha tem uma escola, um liceu, uma igreja e uma praça, a Praça Eugénio Tavares.

Quando a ilha foi descoberta, deram-lhe o nome de S. João. No entanto, algum tempo depois o nome foi alterado devido ao aspecto florido que a ilha tinha. Foi-lhe dado o nome "Brava" que significa "selvagem". Sendo "brava" um adjectivo, tal como "selvagem", "rebelde", "verde" ou outro adjectivo qualquer, o nome da ilha, ao contrário das outras todas, não vem regido da preposição "de", como é o caso de substantivos — nomes de coisas (Fogo, Maio, Sal) ou nomes de Santos (São Nicolau, Santa Luzia, São Vicente, etc.). O mesmo se passa com "ilha Terceira" nos Açores (e não ilha da Terceira). Até em crioulo existe essa diferença: diz-se Dja d' Sal, Dja r' Mai', Dja di Santiagu, Dja r' Fogu, mas nunca Dja di Braba, é sempre Dja Braba.

Desde o seu povoamento que a ilha da Brava tem uma história extraordinária. Foi a ilha escolhida pelos baleeiros americanos em busca de abastecimento para as suas embarcações e de abrigo contra o mau tempo. Os marinheiros Bravenses famosos pela sua experiência aproveitaram para trabalhar e emigrar formando assim a primeira colónia de emigração cabo-verdiana no Massachussets. Hoje é uma grande comunidade caboverdeana radicada nos Estados Unidos que muito faz para ajudar os que ficaram na ilha. Esse encontro de culturas é ainda hoje bem visível na ilha tanto nos costumes dos seus habitantes como na própria arquitectura das suas casas.

O acesso à ilha é feita somente por mar devido a ventos fortes que dificultam a travessia por via aérea. Vindo a partir da ilha vizinha do Fogo até ao Porto da Furna, o principal porto de entrada da ilha que é uma formosa Baía onde se desenvolvem actividades artesanal de pesca e onde se podem encontrar os melhores peixes como: Bica de Rocha, Moreia Dourada, Garoupa Pintada, Esmoregal, Corvina...

A ilha da Brava tem apenas um concelho, Brava, e a sua sede é Vila Nova Sintra, escolhida assim o nome por ser muito parecida com Sintra, em Portugal. Na vila existe uma linda praça, com um belo e cuidado jardim, com muitas flores e árvores. É a Praça Eugénio Tavares. (Eugénio de Paula Tavares), nasceu na ilha e foi um jornalista, escritor e poeta cabo-verdiano. Dedicou-se à tradicional morna que escreveu tanto em português como crioulo.

A partir de Nova Sintra podemos subir ao pico mais elevado da ilha atingindo uma altura de 976 metros " Pico das Fontainhas, depois descer para Campo Baixo por vales profundos passando por muitas escarpas na costa recheada de baías até ao Porto de Tantum. A noroeste da ilha descemos da Ribeira D´água até à Fajã onde existe uma magnífica e acolhedora piscina natural. Os amantes das caminhadas podem ainda desfrutar de uma bela paisagem verde contrastando com o azul do mar.

A festa da Ilha é no dia de São João (24 de Junho), que coincide também com o dia do Município. Esta que é uma das maiores manifestações culturais de Cabo Verde mas na ilha da Brava a festa é original. As coladeiras cantam ao desafio louvando as outras, os tambores repicam e a imagem de São João Baptista é levada pelo cavaleiro enquanto que o cavalo dança ao som do tambor. Esta é realmente a festa dos emigrantes onde é oferecido a todos um leque bem vasto de actividades culturais e desportivas. A especialidade gastronómica local é o "Molho de Capado". (carne de carneiro castrado), um guisado com suculentos nacos de carne de cabrito com batata doce, batata inglesa, fruta pão, banana verde.

 

Brava is an island of Cape Verde Sotavento county. Its largest town is the New Sintra. The only county of the island has about seven thousand inhabitants. With 67 km², Brava is the smallest of the inhabited islands of Cape Verde, and has a population density of 101.49 / km². The island has a school, a school, a church and a square, Praça Eugénio Tavares.

"DjaBraba" or Brava Island is the smallest and most mountainous of the inhabited islands of Cape Verde. Initially they gave him the name of St. John but later due to moisture and its flowery appearance and abundance and variety of species of flowers has been changed to "Brava" or "DjaBraba" which means "wild island". It is considered the Cape Verde garden. Populated only from 1620 most by people fleeing the Fire Island due to frequent eruptions of the volcano on Fogo Island.

Since its settlement the island of Brava has an extraordinary history. It was the island chosen by American whalers in search of supplies for their craft and shelter from bad weather. The famous Bravenses sailors for their experience advantage to work and emigrate thus forming the first colony of Cape Verdean emigration in Massachussets. Today is a great community Cape Verdian rooted in the United States that does much to help those left on the island. This meeting of cultures is still visible on the island both in the customs of its inhabitants as the very architecture of their homes.

Access to the island is made only by sea due to strong winds that hinder the crossing by air. Coming from the nearby island of Fogo to the Port of Furna, the main port of entry of the island is a beautiful bay where they develop artisanal fishing activities and where you can find the best fish as Bica Rock, Morea Golden, grouper Pintada, Esmoregal, Corvina ...

Brava island has only one municipality, Brava, and its headquarters is Vila Nova Sintra, so the name chosen to be very similar to Sintra, Portugal. In the village there is a beautiful square with a beautiful garden care, with many flowers and trees. It is the Square Eugénio Tavares. (Eugénio de Paula Tavares), was born on the island and was a journalist, writer and Cape Verdean poet. He devoted himself to warm traditional who wrote in both Portuguese and Creole.

From Nova Sintra can climb the highest peak on the island reaching a height of 976 meters, "Pico of Fontainhas, then descend to Campo Baixo by deep valleys through many cliffs in stuffed coast bays to the Port of Tantum. The northwest island got off da Ribeira D'água to Fajã where there is a magnificent and warm natural pool. the walkers can also enjoy a beautiful green landscape contrasting with the blue sea.

The party of the island is the day of St. John (June 24), which also coincides with the day of the municipality. This is one of the largest cultural events in Cape Verde but on the island of Brava the party is original. The coladeiras sing to the challenge praising others, the drums peaks and the image of St. John the Baptist is carried by the rider as the horse dance to the sound of the drum. This is actually the party of emigrants which is offered to a very wide range of cultural and sporting activities. The local culinary specialty is "Capado sauce." (Wether meat), a stew with succulent chunks of goat meat with sweet potatoes, potatoes, fruit bread, banana green.

 

 

Para consultar as condições climáticas de todas as ilhas e cidades de Cabo Verde clique no link abaixo:

 

To see the weather of all the islands and cities of Cape Verde click the link below:

 

http://cv.freemeteo.com/clima/?language=portuguesebr&country=cape-verde